Cidades

SUL DE MINAS » Polícia investiga caso de bebê asfixiado em creche

Publicação: 12/07/2018 04:00

A Polícia Civil em Poços de Caldas, no Sul de Minas, investiga o caso de um bebê de apenas 5 meses que ficou com a cabeça presa em um carrinho dentro de uma creche da rede municipal no Bairro Vila Matilde na última segunda-feira. Até a tarde de ontem, o menino estava no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da Santa Casa da cidade. A prefeitura da cidade também está apurando o ocorrido.

Segundo a PM, um assistente social da Santa Casa ligou para o 190. Responsáveis pela creche contaram que o bebê foi deixado pelo local pela mãe em um carrinho e sem o cinto de segurança. O caso teria ocorrido quando a criança dormiu, escorregou e a cabeça teria ficado presa na grade de proteção do carrinho. A mãe contou para a polícia que o bebê estava na creche há apenas 15 dias.

Conforme a prefeitura, a Secretaria Municipal de Educação %u201Cencaminhou o caso à Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas para a apuração dos fatos e execução das medidas administrativas cabíveis%u201D. O centro de educação infantil está funcionando normalmente, segundo a administração municipal.

Em abril, uma outra ocorrência na instituição provocou alerta. Um menino de 3 anos fugiu pelo portão da creche e foi atrás da mãe, atravessando uma avenida, pouco depois de ser deixado na instituição. (CS)

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.