Cidades

CAPITAL » Tem de tudo esquecido no metrô

Publicação: 16/01/2019 04:00

Ao longo de 2018, mais de 3.600 utensílios foram encontrados por profissionais do posto de %u201Cperdidos e achados%u201D da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Entre os objetos estão documentos, cartões do transporte coletivo e até computadores, sanfonas, saxofones e bengalas.

De acordo com a administração do metrô, do total de materiais perdidos, apenas 556 itens foram devolvidos aos proprietários de janeiro a dezembro, o que representa aproximadamente 16%. No ano passado, os meses com maiores índices de perdas foram janeiro, setembro e outubro, com 323, 325 e 348 pertences, respectivamente.

Os objetos perdidos podem ser localizados no Prédio Sede da CBTU, na Rua Januária, 181, no Bairro Floresta, Região Leste de Belo Horizonte. O serviço está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, exceto feriados. Para contato, é possível ligar para o telefone (31) 3250-4231.

Os objetos perdidos que não são procurados podem ser doados a instituições de caridade ao final de cada mês. Já carteiras de identidade, de trabalho e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) são guardadas e, também após um mês, são encaminhadas aos seus órgãos de origem.

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.