Esportes

VASCO » São Januário é interditado e clube pode perder 25 mandos

Publicação: 11/07/2017 04:00

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) determinou ontem a interdição do estádio de São Januário, palco de tumulto generalizado envolvendo vascaínos dentro e fora do estádio no sábado, logo após o clássico com o Flamengo. Minutos antes da decisão, a CBF já havia determinado que jogos no estádio só poderão ser realizados com portões fechados. O Vasco também foi denunciado no STJD pelo tumulto e poderá perder até 25 mandos de campo, além de estar sujeito a multas que podem chegar a R$ 350 mil.

A interdição imposta pelo STJD é válida até que a corte analise o caso, em julgamento que ainda não tem data marcada. Mas, com a determinação da CBF, mesmo que o Vasco consiga reverter a decisão liminar da Justiça desportiva, o clube só poderá jogar em casa sem a presença de sua torcida. A medida será válida até que o STJD tome uma decisão definitiva sobre o caso.

No tribunal esportivo, a interdição foi assinada pelo vice-presidente da corte, Paulo Cesar Salomão Filho, que acatou pedido da Procuradoria. Ele condicionou a liberação do São Januário à vistoria da CBF "com laudos obrigatórios para o pleno funcionamento do estádio e segurança dos torcedores e público em geral".

Além da esfera esportiva, o São Januário corre o risco de ser interditado pela Justiça comum. No início da tarde de ontem, o Ministério Público do Rio de Janeiro entrou com ação de interdição no Juizado Especial do Torcedor.

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.