Esportes

ATLÉTICO » só um engrenou Dos 10 reforços contratados pelo Galo para esta temporada, apenas Elias tem status de titular da equipe. Os demais lutam para ganhar mais espaço com o técnico Roger Machado

Roger Dias

Publicação: 11/07/2017 04:00

O Atlético trouxe 10 reforços para qualificar o grupo em 2017, mas boa parte deles ainda tenta ganhar espaço no time de Roger Machado. Defensor da política de trazer reforços que possam ser úteis, o clube não teve o êxito que desejava quando se propôs a investir altos valores. Das contratações para a temporada, apenas o volante Elias, comprado por R$ 8,4 milhões, tem a vaga de titular assegurada. Outro que teve rendimento satisfatório é o atacante Rafael Moura, mas é reserva.

Os demais tentam ganhar prestígio com o treinador. Em meio à maratona de jogos, eles se tornam esperança para substituir os titulares, a começar pelo duelo com o Santos, amanhã, às 19h30, no Independência. Marlone é candidato a entrar jogando. Contratado com o aval de Roger, somente agora tem sido útil. Depois de fazer o gol da vitória sobre a Chapecoense por 1 a 0, há pouco mais de duas semanas, em Chapecó, marcou mais um no empate com o Botafogo.

Apesar disso, o jogador se diz insatisfeito com o rendimento individual. Mas ele culpa a falta de oportunidades no time titular: “Tenho jogado poucas partidas. Todo jogador precisa de sequência, de ritmo de jogo. Estou tentando fazer o meu melhor quando tenho oportunidade. Sempre que puder jogar, vou tentar ajudar meus companheiros e o Atlético”. Desde o ano passado, quando Roger foi confirmado como treinador, ele estava na pauta de reforços do clube. Curiosamente, só teve a inscrição na segunda fase da Libertadores garantida porque o regulamento teve mudança de três para seis trocas em relação à fase de grupos.

Além de Rafael Moura e Marlone, outro titular contra o Botafogo que chegou este ano foi o zagueiro Matheus Mancini, que veio inicialmente para reforçar o time B. Mas o zagueiro só ganhou chance devido às lesões em sequência de Gabriel, Erazo, Felipe Santana e Leonardo Silva. Até aqui, embora precise de sequência maior de partidas, ele foi elogiado pela comissão técnica.

O volante Adílson é um caso peculiar. O jogador atuou como titular por sete jogos consecutivos entre abril e maio na fase mais positiva do time de Roger Machado em 2017 – coincidiu com a série de vitórias na Libertadores e com o título mineiro. Apesar disso, ele se machucou e, depois de retornar, ficou algumas vezes no banco, ainda devendo na condição física.

Segundo Roger, o fato de o volante ainda não ter entrado como titular depois que se recuperou se deve a uma programação especial estabelecida em conjunto com os médicos e preparadores físicos: “O retorno dele será de forma natural. Ele está retornando aos poucos, tem aumentado seu volume de treinos, o que nos permite colocá-lo no momento certo e que o rendimento dele possa ser similar quando deixou o time por lesão. Quero tê-lo na função que ele faz bem, por muitos jogos, sem risco de ele voltar a ter lesão”.

READAPTAÇÃO

O também volante Roger Bernardo ainda encara um processo de adaptação, já que atuou as últimas cinco temporadas no futebol alemão. E o meia Valdívia, que chegou cercado de expectativas da torcida, teve como melhor momento a assistência pro gol de Marlone contra a Chapecoense. O jogador vem tendo dificuldade, sobretudo no aspecto físico, já que foi submetido a grave cirurgia no joelho direito no ano passado e pouco jogou pelo Inter, seu ex-clube, nesta temporada.

Primeiros reforços de 2017, o zagueiro Felipe Santana e o lateral-esquerdo e volante Danilo enfrentaram degaste com a torcida, depois de terem falhado e colecionado atuações ruins no ano. O primeiro se recupera de lesão muscular e tende a perder espaço para os pratas da casa Bremer e Gabriel. Já o segundo não jogou mais depois de exibição ruim contra o Vitória, na última derrota pelo Brasileiro. O Galo ainda tem o volante Gustavo Blanco (ex-América) para estrear.

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.