Esportes

CRUZEIRO » Grupo forte Time pode ficar sem os principais jogadores no início da temporada, mas reservas têm mostrado valor. Sinal de que o técnico Mano Menezes possui um elenco qualificado para trabalhar

Paulo Galvão

Publicação: 16/01/2019 04:00

Se a torcida lamenta o fato de não poder contar com jogadores importantes neste início de temporada, os suplentes tratam de aproveitar as oportunidades para mostrar serviço. No jogo-treino contra o Democrata de Sete Lagoas, ontem à tarde, na Toca da Raposa II, os titulares celestes venceram a primeira parte por 2 a 1. Rafinha, substituto do uruguaio De Arrascaeta, que foi para o Flamengo, abriu o placar. Já David, que entra na vaga de Thiago Neves, que se recupera de estiramento na panturrilha direita, fez 2 a 0 depois de assistência de Raniel, que virou titular devido a ausência de Fred, que fraturou o nariz sábado em choque com o goleiro Glaycon, do Coimbra, no sábado.

O bom desempenho deixa os torcedores mais tranquilos para este início de ano, em que a equipe usará os jogos do Campeonato Mineiro como parte da pré-temporada. O próprio técnico Mano Menezes já havia deixado claro que pretende usar o Estadual para dar mesmo chance a alguns atletas, inclusive os que não tiveram muita chance de atuar ou que nunca atuaram, caso de Renato Kayser, que foi contratado em maio do ano passado e emprestado em seguida ao Atlético-GO. Ontem, inclusive, o jogador revelado pelo Vasco se destacou entre os reservas com um gol e uma assistência.

No caso de David, a expectativa é ainda maior. O jogador foi contratado em dezembro de 2017 depois de se destacar no Vitória. Porém, chegou contundido e demorou não só para se recuperar como também para voltar ao ritmo normal de jogo.

Agora, podendo realizar a pré-temporada com os companheiros, a expectativa é que consiga atuar novamente em alto nível. Ele, inclusive, é o jogador de velocidade que Mano Menezes dispõe no momento – a diretoria continua trabalhando para buscar outro, investindo em Bruno Henrique, do Santos, mas ainda não obteve sucesso.

Já Raniel tem a vantagem de poder atuar tanto na vaga de Fred quanto pelos lados. Ontem, esteve mais centralizado, vencendo a concorrência de outros jogadores do setor, como Barcos e Sassá, mas nem por isso deixou de sair da área para buscar o jogo e servir os companheiros, como foi no gol de David. Aos 22 anos, Raniel entra na terceira temporada como profissional no Cruzeiro. Ele soma 79 jogos e 13 gols.

Rafinha, por sua vez, é o mais experiente deles. Aos 35 anos, é uma espécie de 12º titular desde que chegou ao clube, em julho de 2016, sempre entrando quando algum companheiro teve problemas ou mesmo por opção de Mano Menezes em alguns casos, correspondendo à confiança do treinador.

De qualquer forma, ainda é cedo para falar no time que estreará no Campeonato Mineiro, sábado, às 16h30, em Divinópolis, contra o Guarani. Se Thiago Neves está vetado, Fred luta para conseguir estar em campo.

NEGOCIAÇÕES Enquanto Mano Menezes trabalha a equipe, a diretoria segue buscando reforços. O armador Rodriguinho continua muito perto, mas ainda faltam alguns detalhes, que podem ser sanados hoje ou no máximo até o fim da semana.

Já o goleiro Gabriel Brazão, que está no Chile com a Seleção Brasileira para a disputa do Sul-Americano, interessa a clubes italianos. O Chievo Verona teria oferecido 3 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões), com a Fiorentina tendo entrado no páreo.

O zagueiro Manoel e o armador Mancuello se despediram da Toca da Raposa II. O primeiro foi para o Corinthians e o segundo, para o Toluca-MEX. “Querido Cruzeiro, foi um 2018 vitorioso e com muitas alegrias, queria agradecer muito a todos, começando desde o mais humilde funcionário até a maravilhosa torcida azul por ter me acolhido sempre”, escreveu o argentino, em uma rede social.

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.