Esportes

ATLÉTICO » De mudança? Clube e Minas Arena se reúnem hoje e expectativa é que time alvinegro volte a mandar partidas no Mineirão na temporada 2019

Publicação: 16/01/2019 04:00

Reunião hoje pode encaminhar a volta do Atlético ao Mineirão em partidas como mandante. Representantes do clube alvinegro e da Minas Arena, concessionária que administra o estádio, veem com bons olhos a possibilidade, debatida desde a última temporada.

O encontro com o Atlético foi revelado pelo diretor comercial da Minas Arena, Samuel Lloyd, em palestra no Mineirão na manhã de ontem. Ele foi questionado sobre o tema quando falava sobre Parceria Público-Privada (PPP) – modelo de negócio que envolve a concessionária e o Estado de Minas Gerais – no evento “Futebol, gestão e inovação", promovido em parceria entre Federação Mineira de Futebol (FMF) e a administradora.

Existe a expectativa de que o Atlético deixe o Independência – "casa" do time na maioria das partidas – e atue como mandante no Mineirão em jogos específicos em 2019, nos quais a demanda de público seja considerada interessante pela diretoria alvinegra. A escolha também passa pelo critério técnico. O clube entende que a pressão da torcida no Horto é maior e aumenta a possibilidade de vitória.

A decisão de voltar ou não a jogar no como mandante no Mineirão é exclusivamente do presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara. O mandatário alvinegro já confirmou publicamente a intenção de promover o retorno do clube ao estádio, mas fez ressalvas.

“Tem outro aspecto que é o financeiro. Dependendo do jogo, o Mineirão traz prejuízo. Nosso adversário (Cruzeiro) tem sérios problemas financeiros com relação ao Mineirão porque a gente sabe que foram muitos jogos que geraram prejuízo”, avaliou Sette Câmara já no final de 2018.

Durante a palestra, Samuel Lloyd mostrou planilhas para tentar demonstrar que o aspecto financeiro não deve ser um empecilho para o Atlético. Segundo o diretor da Minas Arena, o clube alvinegro teve lucro quando mandou jogos no Mineirão.

Em 2018, o Atlético não mandou nenhuma partida no Mineirão. O time passou um ano inteiro sem atuar como mandante no Gigante da Pampulha com o estádio disponível pela primeira vez na história.

Antes, o clube alvinegro só havia ficado duas temporadas sem mandar jogos no Mineirão: 2011 e 2012. Nesses anos, entretanto, o estádio – inaugurado em 1965 – estava fechado por conta de reformas para a Copa das Confederações (2013) e a Copa do Mundo (2014).

HISTÓRICO O ano em que o Atlético jogou mais vezes como mandante no Mineirão foi 1968. Foram 48 partidas. De lá para cá, o time mineiro alternou entre as principais ‘casas’ do futebol mineiro. Atualmente, o Independência é o estádio utilizado pelo clube com mais frequência.

Desde a reinauguração, em 3 de fevereiro de 2013, o Atlético mandou 24 partidas no Mineirão. Foi lá que a equipe alvinegra conseguiu viradas épicas sobre Flamengo e Corinthians na Copa do Brasil de 2014, conquistada após final diante do Cruzeiro, justamente no estádio, mas como visitante.
A nova versão do Gigante da Pampulha também foi palco dos títulos da Copa Libertadores (2013) e da Recopa Sul-Americana (2014). Como visitante, o time alvinegro conquistou o Mineiro de 2013 no Mineirão.

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.