Dada Maravilha

Secador alvinegro

Publicação: 18/11/2015 04:00

Pela campanha do turno, jamais pensei que o Atlético tivesse de secar Corinthians e Grêmio. Perdendo pontos para Figueirense, Sport, Palmeiras, Atlético-PR, Chapecoense, o galo deixou um título fácil sumir. Tá certo que o coringão embalou, mas o Galo deu mole. Agora, o vice do Brasileirão e a meta. O ano de 2015 está dentro das expectativas otimistas, já que o time está garantido na Libertadores. Assim, o título de campeão do mundo segue na mira.

Ano de lições: o Galão já sabe que três pontos sobre o Figueira ou Corinthians têm mesmo valor na tabela. Quem não respeita é desrespeitado, já dizia minha avó. Todo cuidado é pouco e quem quer ser campeão tem que jogar com alma sempre. Enquanto existem chances matemáticas o Galão tem que correr atrás. Respeito a todos, mas medo de ninguém. Essa deve ser a filosofia do técnico Levir e de seus comandados.

O Atlético foca agora no São Paulo, amanhã, no Morumbi. Com secador na mão, vamos ficar de olho também em Corinthians e Grêmio. Depois é pensar em 2016. Com o amor lindo.

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.