Cidades

Adolescente que matou os pais ficou chocado ao ser preso e faria de novo

mm

Publicado

em

Adolescente diz que não se arrepende de matar os pais
Reprodução - Redes sociais

O adolescente de 16 anos que matou os pais e a irmã depois de ter o celular confiscado após uma briga familiar, ficou chocado ao descobrir que seria apreendido – palavra usada para tratar da prisão de menores – segundo depoimento aos policiais.

Ele só decidiu chamar a polícia quando os corpos dos pais e da irmã começou a se decompor na casa, atraindo moscas.

Depois de atirar contra o pai com a arma que ele mantinha em casa, a irmã do jovem desceu para o primeiro andar para saber o que tinha sido o barulho.

Foi quando o rapaz atirou contra a cabeça dela. A mãe só chegou em casa a noite e ao ver o corpo do marido no chão, deu um grito. Foi quando ele decidiu também atirar contra a mãe.

Segundo a Polícia Civil, o jovem não demonstrou arrependimento pelo ato e disse que, se fosse possível, faria tudo novamente.

Por ser menor de idade, ele ficará preso por no máximo 3 anos.