Cidades

André Valadão diz que se Deus “pudesse matava os gays e começava do zero”

Publicado

em

Divulgação

O polêmico pastor André Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, aparece nesta semana em um vídeo em que destila mais uma vez argumentos preconceituosos utilizando uma interpretação que fez da bíblia.

Segundo ele, ao normalizar as relações homoafetivas, as pessoas estariam abrindo as portas para verem, depois, homens e mulheres escandalizando nus em eventos.

Mas sem dúvidas o trecho mais polêmico da fala é quando ele diz que “se (Deus) pudesse matar tudo (os LGBTs) e começava do zero, mas agora é com vocês”.

Em seguida, André Valadão cita o arco-íris, que segundo a bíblia cristã seria uma promessa de que Deus não mataria mais as pessoas como punição depois do dilúvio. Portanto, o pastor complementa:

“Eu não posso, então agora tá com vocês”, diz ele, como se as palavras fossem de Deus.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.