Cidades

André Valadão e pastor batem boca na internet: “Por isso perdeu 70 igrejas”

Publicado

em

Reprodução X & Instagram

Nos últimos dias, o mundo gospel foi palco de uma polêmica envolvendo o pastor André Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha e ex-integrante da banda Diante do Trono, e o teólogo e arqueólogo Rodrigo Silva, ligado à Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD). O assunto ganhou destaque nas redes sociais e gerou intensa discussão entre os fiéis.

Tudo começou quando Valadão foi questionado em sua conta no Instagram sobre a Igreja Adventista ser considerada uma “seita”.

O pastor não poupou palavras e utilizou termos pejorativos para expressar sua opinião sobre os textos escritos por Ellen White, fundadora da IASD. Segundo Valadão, tais textos apresentam conceitos falsos e propagam a ideia de que somente a Igreja Adventista é a verdadeira, o que ele classificou como uma heresia.

A resposta de Valadão rapidamente ganhou repercussão nas redes sociais e dividiu opiniões entre os internautas. Enquanto alguns concordaram com suas colocações e defenderam sua postura crítica em relação à Igreja Adventista, outros criticaram sua atitude e consideraram suas declarações como desrespeitosas.

Em meio a essa controvérsia, Rodrigo Silva decidiu se manifestar e rebater as afirmações de Valadão. O teólogo e arqueólogo destacou a importância de se respeitar as crenças alheias e afirmou que as acusações feitas pelo pastor não condizem com a realidade. Silva defendeu a IASD e argumentou que a igreja possui uma base sólida de doutrinas e valores, sustentada por anos de estudo e pesquisa.

A troca de farpas entre Valadão e Silva expôs a divergência existente entre as duas correntes religiosas, despertando debates acalorados sobre o tema. Essa polêmica levanta questões sobre o respeito à diversidade religiosa e a necessidade de um diálogo construtivo entre diferentes denominações.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.