Cidades

Casa de suspeita por matar mulher devido a um pão é incendiada na Grande BH

mm

Publicado

em

Casa de mulher suspeita por crime foi incendiada na Grande BH
Foto: Danilo Girundi/TV Globo

Uma casa foi incendiada na tarde de segunda-feira (24), em Betim, na região metropolitana de BH e segundo a Polícia, o fato tem relação com um crime que aconteceu no último fim de semana. Isso porque, a residência era de uma atendente de padaria que foi presa suspeita de matar uma outra mulher que reclamou de ter comprado “pão com carrapato”.

Testemunhas relataram que viram uma pessoa colocando fogo no local. A Polícia foi chamada e sete viaturas se deslocaram até o imóvel, onde ninguém se feriu. As chamas foram controladas por volta das 18h.

Tudo começou no sábado (22), quando Ana Paula Amaral de Faria, de 34 anos, foi vista pela suspeita. Elas começaram a discutir na rua, no bairro Petrovale, em Betim, na Grande BH. Foi aí que a atendende da padaria a atingiu com facadas, nas regiões dos braços, tórax e ombro. A irmã de Ana Paula a levou para uma unidade de saúde, mas a mulher não resistiu aos ferimentos e morreu.

De acordo com a Polícia Militar, o desentendimento entre as duas começou nas redes sociais. Ana Paula teria publicado que comprou “pão com carrapato” e outras sujeiras na padaria onde a suspeita era atendente. Esta por sua vez, respondeu: “isso não vai ficar assim”.

A suspeita foi encontrada após o crime e estava suja de sangue. Ela foi presa por homicídio qualificado e levada para a delegacia enquanto que, a faca utilizada no crime e seu celular foram apreendidos.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.