Cidades

Casal lésbico é impedido de receber prêmio de sorteio de Dia das Mães no Maranhão

mm

Publicado

em

Reprodução/TvMirante

Tatiele de Sousa e Maria Gisleia, residentes a 261 km de São Luís, foram surpreendidas ao serem impedidas de retirar a geladeira que ganharam em um sorteio de Dia das Mães promovido pela Prefeitura de Centro Novo do Maranhão. O motivo alegado foi a orientação sexual do casal.

De acordo com relatos das vítimas, os organizadores do evento afirmaram que Tatiele não poderia receber o prêmio por ser lésbica, sugerindo que Maria participasse de outro sorteio, o do Dia dos Pais, para ter direito à premiação. Além disso, Maria Gisleia foi alvo de insultos e comentários preconceituosos durante o episódio.

Em entrevista à TV Mirante, Maria desabafou sobre o ocorrido, destacando que ela e Tatiele são mães de dois filhos criados juntas há mais de quatro anos. Ela relatou os insultos sofridos, incluindo comentários sobre sua capacidade de ser mãe e referências pejorativas à sua orientação sexual.

Um boletim de ocorrência foi registrado na cidade de Maracaçumé, uma vez que Centro Novo do Maranhão não possui uma delegacia local.

Em resposta às denúncias, a Prefeitura de Centro Novo do Maranhão emitiu uma nota para a imprensa local, declarando que repudia qualquer ato discriminatório baseado na orientação afetiva sexual ou identidade de gênero. A administração municipal afirmou estar investigando a conduta do servidor público envolvido no episódio.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.