Cidades

Filhos interditam idoso de 84 anos que deu R$ 190 mil para namorada de 34

Publicado

em

Reprodução

Uma família conseguiu interditar na Justiça o próprio pai, de 84 anos, depois dele contrair empréstimos consignados, com mensalidades de R4 8 mil, e dar cerca de R$ 190 mil para a sua namorada, de 34 anos.

Os três filhos dele solicitaram ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) a interdição do pai, alegando que ele está causando um grande abalo financeiro em seu próprio patrimônio.

Na ação, o idoso considerou que está bem, mas disse que continuaria dando dinheiro para a namorada.

Já os filhos, apresentaram um laudo médico que comprovava a necessidade de interdição do pai: “Do ponto de vista civil, o paciente encontra-se passível de interdição civil, com incapacidade para: reger sua vida; administrar e movimentar bens, valores e finanças; e praticar atos ou negócios jurídicos de cunho pessoal, familiar e patrimonial”.

O Ministério Público ficou do lado dos filhos na ação de interdição.

Interditado

A 2ª Vara de Família de Águas Claras deferiu o pedido dos filhos e interditou o idoso. Agora todas as movimentações financeiras que ele fizer precisará do aval de um dos filhos.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.