Cidades

Genro flagrado transando com o sogro revela: “Entrei no jogo dele”

Publicado

em

Reprodução

Em uma entrevista ao portal Jornal da Morada, Júnior Virgilio, de 23 anos, ex-genro de Edielson Oliveira, quebrou o silêncio e revelou detalhes sobre a confusão, que ganhou repercussão nacional.

Após vídeos íntimos entre ele e Edielson viralizarem nas redes sociais, Júnior decidiu expor a verdade por trás dos acontecimentos.

Visivelmente abalado, Júnior revelou que vinha sofrendo ameaças constantes por parte de seu ex-sogro, o qual o obrigou a entrar em um jogo perigoso em busca de autodefesa.

“Minha cabeça ficava atordoada porque ele me ameaçava”, desabafou o jovem, explicando que as ameaças incluíam até mesmo promessas de morte e a ameaça de retirar seu filho.

“Meu ex-sogro dizia que iria me matar, ou se não conseguisse, iria mandar alguém para tirar meu filho de mim. Eu tive que entrar no jogo dele para conseguir criar provas contra ele, e foi assim que eu vim conseguindo isso”, revelou o jovem, em sua versão.

O caso tomou proporções alarmantes quando as imagens íntimas vieram à tona, acompanhadas das acusações de traição dentro da própria família.

A situação desencadeou cenas de violência na tranquila região do Valle Verde, em Araraquara, resultando no incêndio de um veículo e em uma violenta agressão contra Edielson Oliveira. Em meio a esse cenário caótico, Júnior decidiu romper o silêncio, buscando esclarecer os motivos por trás de suas atitudes.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.