Cidades

Mãe recebe mensagem dizendo que filho desaparecido estava em lanchonete

Publicado

em

Reprodução

No último sábado, a mãe de Edson Davi Silva de Almeida, de apenas 6 anos, recebeu uma mensagem intrigante que poderia trazer pistas sobre o paradeiro do filho. A mensagem informava que o menino estaria em uma lanchonete localizada na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Marize Araújo, mãe do garoto desaparecido desde a última quinta-feira, recebeu uma foto em que Edson Davi aparece ao lado de um casal e outra criança, desfrutando de uma refeição no estabelecimento mencionado. Imediatamente, a polícia foi acionada e se dirigiu até o local indicado na mensagem.

“O rosto está idêntico, o cabelo, o nariz empinado, o cabelo cacheado e a cor. Mas quando ele levanta no vídeo, achei diferente. Ele tá com outra roupa. Não sei se é realmente meu filho. Está batendo o desespero e não sei mais o que fazer “, disse ela.

Leia também: Vídeo mostra últimos momentos de criança que sumiu em praia do Rio

No entanto, ao chegarem à lanchonete, as autoridades não encontraram nem o menino desaparecido, nem o casal mencionado na fotografia. Para dar continuidade às investigações, os policiais recolheram as imagens das câmeras de segurança do estabelecimento para análise. Todo o material foi encaminhado para a Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA).

Enquanto a análise das imagens estava em andamento, uma mulher, acompanhada de seu marido e duas crianças, publicou um vídeo nas redes sociais em frente à 43ª Delegacia de Polícia (Guaratiba). Neste vídeo, ela afirmou que o menino presente nas imagens não era o filho desaparecido, mas sim seu enteado.

“Estamos aqui na delegacia pra poder esclarecer tudo, que meu enteado não é a criança que está sumida”, disse. A versão será confirmada pela polícia.

A polícia agora está investigando a identidade e a relação dessa mulher com a criança que aparece na foto. Além disso, está sendo averiguado se essa mensagem recebida pela mãe de Edson Davi foi uma tentativa de confundir as autoridades ou uma informação genuína.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.