Cidades

Stock Car: organizadores dizem que Pampulha ficará 10x mais arborizada

Publicado

em

crédito: Leandro Couri/EM/D.A.Press

Com a polêmica em torno da supressão de 63 árvores no entorno do Mineirão para a realização da etapa de Belo Horizonte da Stock Car, o que tem motivado protestos de setores da comunidade, os organizadores emitiram nota na tarde desta quinta-feira, 29.

“Os organizadores do evento vão deixar como legado para a região da Pampulha o plantio de mais árvores, sobretudo as consideradas nobres, como os Ipês Roxos e Amarelos”, diz a nota.

Neste momento o corte de mais árvores está proibido por uma liminar da Justiça, que determinou multa de R$ 50 mil para cada uma cortada, até decisão definitiva.

Os organizadores, Speed Seven e DM Corporate, “vários estudos foram elaborados em razão da realização do evento. Dentre eles os estudos de topografia, viabilidade técnica para a construção do circuito, o impacto econômico, projeção turística e impacto ambiental”.

A nota detalha como serão as árvores replantadas: “Seguindo 100% o que versa a legislação em vigor, de forma compensatória, serão plantadas 688 novas árvores. Estes novos indivíduos arbóreos deverão seguir um requisito de tamanho mínimo de 2,5 metros do solo até o primeiro galho, com no mínimo três galhos”.

Ainda segundo a Stock Car, “com a compensação ambiental que será realizada, a região da Pampulha ficará 10 vezes mais arborizada do que é atualmente”.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.