Cidades

Zema se afastou de Silas Malafaia durante discurso; saiba o motivo

Publicado

em

crédito: Romeu Zema/Redes sociais

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), participou das manifestações na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde deste domingo, quando o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e Silas Malafaia discursaram.

Mas Zema preferiu se afastar de perto do pastor evangélico durante parte de seu discurso, de acordo com o colunista Igor Gadelha.

Malafaia começou criticando o presidente Lula sobre suas declarações sobre Israel. Até então, os governadores de São Paulo, Tarcísio de Freitas, Goiás, Ronaldo Caiado (União); de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL); e Zema, acompanharam as falas.

Mas quando Silas começou a criticar o Ministro Alexandre de Morais, Caiado, Jorginho Melo e Zema preferiram sair de perto dele.

“Alexandre de Moraes diz que a extrema-direita precisa ser combatida na América Latina. Como o ministro do STF tem lado? Ele não tem que combater nem a extrema-direita nem a extrema-esquerda. Ele é guardião da Constituição. O presidente do STF, ministro Barroso, disse ‘nós derrotamos o bolsonarismo’. Isso é uma afronta, uma vergonha”, criticou o pastor.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.