Curiosidades

Carmo Dalla Vecchia fala sobre seu relacionamento e desafios na paternidade em entrevista

mm

Publicado

em

Reprodução / Instagram

O ator Carmo Dalla Vecchia, casado com o renomado autor de novelas João Emanuel Carneiro, abriu o jogo em uma entrevista para o podcast do Gay Blog BR, compartilhando detalhes sobre sua relação e desafios enfrentados na paternidade.

Dalla Vecchia, de forma descontraída, revelou que se considera “a mulher da relação”, em uma brincadeira sobre como ele e o marido se comportam em eventos sociais. “Eu digo que eu sou a mulher da relação, né? Quando a gente vai em um jantar, eu me grudo com as mulheres, e ele geralmente se gruda com os homens. Eles falam de economia, de história. Eu começo a falar sobre educação infantil”, explicou o ator. 

Ele também enfatizou a importância de abordar temas como desenvolvimento infantil, destacando que é uma conquista para a comunidade LGBT ter um homem gay dando sua opinião sobre esses assuntos. “Eu acho que é extremamente importante, principalmente para nossa comunidade, um viado falando e dando opinião sobre desenvolvimento infantil sadio, eu acho que é uma conquista para todos nós”.

Paternidade

O casal optou pela inseminação artificial em uma barriga de aluguel para realizar o sonho da paternidade, dando à luz o pequeno Pedro, de quatro anos. Dalla Vecchia surpreendeu ao mencionar que desenvolveu melasma durante a gravidez do filho. “Eu brinco que eu tenho que ser muito viado para ter melasma na gravidez. Eu tive melasma de gravidez, né, gente? Quando meu filho nasceu, eu tinha um melasma no meio da testa. Só quem tem melasma é mulher”, comentou de forma descontraída, ironizando a situação.

“Hormonalmente, eu criei alguma coisa no meu corpo, que eu fui tão viado, mas tão viado, que eu desenvolvi um hormônio que geralmente só desenvolve em mulheres. Nem minha irmã que teve filho teve, mas eu tive durante a gravidez”, ironizou. 

Beijo gay

Além disso, o ator abordou a questão da representatividade na televisão, especialmente em relação aos beijos gays em novelas. Ele expressou sua opinião de que os telespectadores já estão preparados para assistir a interações românticas entre casais gays e criticou as decisões artísticas de censurar ou cortar essas cenas. “Não me venha com o papo de que a dona de casa não está preparada ainda para isso, porque se ela não está preparada, cabe a nós ajudarmos ela a estar preparada, e não simplesmente tirar o beijo.”, afirmou, ressaltando a importância de combater o preconceito e promover a inclusão na mídia.

Carmo ainda disse que se entristece com isso. “Eu acho triste as pessoas terem que discutir sobre esse assunto. Eu acho que daqui a pouco, inclusive, daqui a pouco tempo, as pessoas vão perceber o quanto elas foram mesquinhas, não colaborando para que o preconceito fosse diminuído”, finalizou o ator.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.