Curiosidades

Mulher é presa após tirar a calça e mostrar tudo no avião

Publicado

em

Reprodução - Facebook

Uma mulher que exibiu a genitália e as nádegas a outros passageiros em voo da Frontier Airlines de Orlando para Filadélfia (EUA) foi indiciada por crime federal nesta semana. Ela pode ser condenada a até 20 anos de prisão e pagamento de multa de US$ 355 mil (cerca de R$ 1,8 milhão).

A cena, ocorrida em 20 de novembro, viralizou nas redes sociais após ser registrada em vídeo. Em um momento de fúria, Dulce Huertas, de 60 anos, baixou a calça e a calcinha no meio de um corredor da aeronave da empresa low cost, xingou a tripulação e ameaçou matar outros passageiros.

Tudo começou quando Dulce se levantou da sua poltrona quando o avião estava prestes a pousar na Filadélfia, dizendo “tenho que fazer xixi.'”

Um comissário de bordo identificado como R.G. disse que ela precisava se sentar, mas a mulher insistiu no movimento rumo ao banheiro e começou a gritar, contou reportagem do ‘NY Post’.

“‘Depois que o avião pousou e taxiou até o portão de desembarque, Dulce Huertas começou a xingar os passageiros ao seu redo”, diz o documento do FBI.

O capitão foi avisado sobre a passageiro desequilibrada e fez um comunicado instruindo todos a permanecerem sentados. Equipe de segurança do aeroporto foi acionada.

Foi quando Dulce empurrou outros passageiros e se dirigiu para a frente da cabine, aproximando-se do banheiro, mas foi parada pela tripulação.

“‘Desculpem-me’, afirmou ela.

“Em seguida, Dulce ‘baixou as calças e a calcinha enquanto se agachava como se fosse urinar no corredor’, de acordo com a denúncia.”

Sem qualquer pudor, Dulce exibiu a genitália e as nádegas para outras pessoas a bordo, incluindo crianças. A passageira não conseguiu fazer as suas necessidades no chão da aeronave e puxou a calcinha e as calças para cima, xingando as pessoas que olhavam a cena insólita.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.