Cidades

Pastor é agredido após sexo com mulher casada para tirar espíritos ruins

Publicado

em

Reprodução - X

Um líder religioso em Gana foi agredido e expulso da cidade após ser flagrado tentando abusar sexualmente de uma mulher casada. O incidente ocorreu na última segunda-feira, dia 22, e chocou a comunidade local.

De acordo com informações do site Modern Ghana, o pregador identificado como Profeta KBY Nsonyameye, era o líder da Capela Graceland, localizada em Awutu Breku. Ele alegava que fazer sexo com ele seria uma forma de livrar as mulheres de maus espíritos, apesar de não haver qualquer base bíblica para essa teologia.

Na última tentativa do pastor, o marido e parentes da mulher casada arquitetaram um flagrante e o confrontaram no momento em que ele estava nu com a vítima. A intenção do grupo era “ajudar” a mulher a resolver problemas no casamento, expondo as atividades ilícitas do religioso.

Após ser descoberto, o pastor foi violentamente agredido pelo grupo e arrastado para fora da casa. Moradores locais também se juntaram aos espancamentos antes de expulsarem o homem da cidade.

O incidente causou revolta e indignação na comunidade, que se sentiu traída pela confiança depositada no líder religioso. A polícia local já foi informada sobre o ocorrido e está investigando o caso para tomar as medidas legais cabíveis.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.