Entretenimento

Angélica diz que famoso pedia pra ela “sentar no colo” dele quando era criança

Publicado

em

Reprodução

A apresentadora e atriz Angélica, que iniciou sua carreira na televisão aos 12 anos, recentemente abriu o coração e compartilhou uma experiência traumática de assédio sexual que sofreu quando ainda era criança.

Durante sua participação no programa “Angélica: 50 e Tanto”, disponível na plataforma Globoplay, a artista revelou detalhes sobre o ocorrido.

Na entrevista, Angélica relatou que, na época, um homem importante do meio artístico frequentemente a convidava para sentar em seu colo nos bastidores da TV.

“Foi bem nessa época que o homem pedia para eu sentar no colo dele nos bastidores da TV. Ele era um adulto e, eu, uma criança. E eu fazia tudo sem entender. Hoje eu entendo”, relatou.

Vale ressaltar que, enquanto ela era apenas uma criança inocente, esse indivíduo já era um adulto experiente. A apresentadora confessou que, naquele momento, não compreendia as intenções por trás dessas atitudes perturbadoras.

Além disso, a artista também contou que esse mesmo homem sugeriu que ela adotasse o nome Lolita, fazendo referência à personagem-título do livro escrito por Vladimir Nabokov. Para quem não conhece a obra, Lolita é uma menina que é sexualizada pelo próprio padrasto.

“Sou Angélica por um triz. Quando eu ia estrear na TV, um homem muito poderoso achava que meu nome artístico tinha que ser Lolita”.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.