Entretenimento

Fátima Bernardes desabafa após demissão da Globo: “o que aconteceu”

Publicado

em

Reprodução - Globo

Após 37 anos sendo um dos maiores nomes da rede Globo, a jornalista e apresentadora, Fátima Bernardes não faz mais parte do grupo de funcionários da emissora. Fátima, de 61 anos, passará a trabalhar por projeto específico, ou seja, terá contrato com a Globo apenas durante a vigência de um programa determinado, nos próximos meses não existe nenhum projeto previsto.

Seu último programa, “Assim Como a Gente”, que estreou em outubro no canal pago GNT, canal pago, não obteve sucesso e não será renovado para uma nova temporada, portanto a jornalista deverá ficar um ano sem interação com a Globo. Já o The Voice Brasil, programa que era apresentado pela jornalista, acabou sendo cancelado no ano passado depois de 12 edições.

Após a virada do ano, a emissora definiu nova política de corte de gastos, isso implica em não manter contratados aqueles que não possuem contratos de trabalho vigentes, ou com previsão. A área de comunicação da rede Globo, confirmou que não houve renovação do contrato da Fátima após o vencimento.

Pela primeira vez sem emprego, desde a sua formatura em Jornalismo, em 1983, Fátima será o novo reforço da agência Play9 durante a “cobertura” dos Jogos Olímpicos de Paris, conforme anunciado na última sexta (23). A apresentadora fará parte de um projeto, “Paris é Brasa” ao lado de outros jornalistas e influenciadores, criando conteúdo patrocinado pelas marcas para as redes sociais. 

A jornalista irá para Paris, mas como a Play9 não tem os direitos pela transmissão das competições entre os atletas, portanto não podemos esperar o mesmo que foi feito em Barcelona (1992) e em Atlanta (1996). Ela concentrará sua produção em vídeos que exploram os bastidores e curiosidades, em colaboração com o COB (Comitê Olímpico do Brasil) e o YouTube, mantendo uma integração constante com os patrocinadores.

Através das suas redes sociais, Fátima Bernardes, disse estar “entusiasmada” com seu primeiro seu primeiro projeto 100% para a internet. “Vou estar novamente em uma cidade olímpica, ouvindo aquelas histórias incríveis, de conquistas, de vitória, de superação, de persistência, e isso me anima muito”, falou a apresentadora, que agora será também Youtuber.

Tendo como sócios, o Youtuber Felipe Neto, o ex-jogador de vôlei e ex-COB Marcus Vinicius Freire e o jornalista João Pedro Paes Leme (ex-Globo), a Play9, empresa de comunicação que agencia 80 influenciadores e se define como “mediatech 100% brasileira” 

produzindo conteúdo audiovisual e gerenciando canais de pessoas e empresas no Youtube.

Uma jornada de sucesso 

A menina que sonhava em ser bailarina e chegou a integrar o balé da Globo, participando de alguns videoclipes produzidos para o Fantástico, desistiu por medo de não ser bem-sucedida. No seu último ano de faculdade, em 1983, iniciou sua colaboração com o jornal O Globo e após três anos foi selecionada para estagiar no Fantástico, através de um curso de telejornalismos da Globo. 

Fátima Bernardes passou por quase todos os jornais da casa, a partir de 1989, começou no jornal O Globo, depois promovida ao Fantástico, ela passou a integrar no dominical de 1992 a 1996, até assumir o Jornal Hoje. Em março de 1998, logo após o nascimento de seus trigêmeos, ocupou o posto de Lillian Witte Fibe no Jornal Nacional, onde ficou por quase 14 anos, até dezembro de 2011. 

Em 2012 se desafiou mais uma vez e assumiu o “Encontro com Fátima Bernardes” e por 10 anos foi apresentadora do programa matinal da rede Globo. Entre os anos de 2022 e 2023, apresentou o The Voice Brasil. 

Pronunciamento 

Na tarde desta segunda (26) a jornalista se pronunciou sobre o encerramento do contrato fixo com a Globo:

“Ao sair do Encontro, já renovei por obra certa, o novo formato da empresa” “Naquele momento, renovamos para apresentar os realities The Voice Brasil e Kids. Com o término, entreguei em novembro três propostas de programa. E fico feliz em dividir com vocês que já estamos desenvolvendo um deles. Para quando? Ainda não sabemos, o importante é que seja de qualidade como o público merece e a Globo sabe fazer, interessante e com meu perfil. Um processo de trabalho muito parecido com o que aconteceu com o Encontro.”

A apresentadora que trilhou uma jornada incrível dentro do jornalismo e do entretenimento, durante seus 37 anos de contrato com a TV Globo, disse que  “tive todas as possibilidades de evoluir profissionalmente e contínuo” 

“Até ele ficar pronto, vou tocando outros projetos paralelamente porque é o que amo fazer. Nesses 37 anos na TV, tive todas as possibilidades de evoluir profissionalmente e continuo acreditando que algo muito bom para mim e para o para o público virá pela frente”, finalizou.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.