Entretenimento

Marido de Ivete Sangalo, Daniel Cady, relembra abortos: “Dois ou três bebês”

Publicado

em

Reprodução - Redes sociais

Nesta última terça-feira (19) o nutricionista e marido de Ivete Sangalo, Daniel Cady, relembrou durante sua participação no PodZé, os abortos espontâneos entre os nascimentos dos filhos, Marcelinho, de 14 anos, e as gêmeas Marina e Helena, de 6. 

“Logo nos primeiros meses de relacionamento, ela teve um aborto espontâneo. Aí, veio Marcelinho logo na sequência e vieram as gêmeas. A gente queria ter (muitos filhos), eu queria ter. Eu tenho três irmãs e Ivete são seis. É aquela coisa de casa cheia”, afirma.

Daniel continua: “Depois do Marcelo, perdemos uns dois ou três. Ela engravidava, atrasava a menstruação, teste de farmácia dava positivo, a gente ficava na expectativa, dava um mês e aborto espontâneo. É foda pra mulher. Pra gente é, pra mulher não consigo nem imaginar. Isso vai traumatizando”. O marido de Ivete ainda revelou que a cantora fez alguns tratamentos de fertilidade e que um acabou não funcionando.

“Eu falei ‘vamos fazer o tratamento’. Fez em São Paulo, não deu certo, um tratamento caro pra c*ralho. A gente veio pra Salvador, eram os últimos óvulos que Ivete tinha por conta da idade. O médico falou que eram as últimas ‘balas na agulha’. E aí vieram Marina e Helena, relatou o nutricionista.

Daniel Cady também foi questionado se sabia diferenciar as filhas, Marina e Helena. “Elas são bem diferentes, não só fisicamente. Uma é mais pro meu lado, minha cópia no jeito de ser. A outra é a mãe toda. Elas só pegaram o mesmo Uber pra chegar. Os três são bem diferentes”, encerrou pai todo orgulhoso.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.