Entretenimento

Rodrigo Faro abre processo contra a TV Globo: “Era estimado por todos”

Publicado

em

Reprodução - Record

O apresentador da Record Rodrigo Faro decidiu abrir um processo contra a TV Globo depois de perder um outro contra o Google, pedindo que o servidor de buscas retirasse da internet todo o material sobre uma homanagem que ele fez na morte de Gugu.

Na ocasião da morte do apresentador, Faro aparecia emocionado falando sobre o colega, mas em um momento vazado, apareceu ao vivo perguntando como estava a audiência do programa.

“Como é que está a audiência?”, quis saber. Foi o suficiente para que ele fosse criticado nas redes sociais, acusado de chorar de mentira para ganhar Ibope.

“O autor [Rodrigo Faro], que até aquele momento era estimado por todos e nunca se envolvera em polêmicas, em um único episódio viu-se julgado e atacado de maneira sórdida simplesmente pelo fato de que estava exercendo seu trabalho, apesar das homenagens prestadas naquele momento”, diz trecho do processo, segundo o F5, da Folha.

Segundo a advogada do apresentador, após o Google dizer que não teria como retirar todos os links e publicação e que as solicitações deveriam ser feitas a cada empresa ou pessoa que o fez, não restou alternativas a não ser pedir judicialmente a Globo:

“Tentamos resolver administrativamente, mas ficamos sem respostas. É muito difícil, é uma empresa muito grande”.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.