Esportes

Atlético terá de provar que eleição do conselho foi regular

Publicado

em

(foto: Bruno Sousa/Atlético)

O Atlético teve seu recurso negado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e agora terá que apresentar documentos que comprovem a regularidade da eleição do Conselho Deliberativo, realizada no ano passado.

O clube, que nega qualquer fraude no pleito, mas recebeu a nova decisão negativa nesta terça-feira (28). A informação foi revelada primeiro pelo Hoje em Dia.

A ação foi movida pelo conselheiro Cláudio Freitas Utsch Moreira em junho deste ano, denunciando irregularidades na eleição. O Atlético entrou com recurso, mas o pedido foi negado pelo TJMG.

De acordo com os documentos escritos por Cláudio Utsch, Rodolfo Gropen e Lásaro Cândido e entregues ao presidente do conselho, Ricardo Guimarães, vários conselheiros teriam sido eleitos sem cumprir os requisitos estatutários do clube, como não estarem há mais de dois anos integrando o quadro social.

O Galo nega irregularidades no processo.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.