Esportes

Atlético venderá o nome da Cidade do Galo para empresa para bancar reforma

Publicado

em

Divulgação - Atlético

O Atlético está empenhado em promover uma grande reforma no Centro de Treinamento (CT) de Vespasiano, conhecido como Cidade do Galo.

A estratégia adotada pela diretoria é buscar recursos por meio da venda dos naming rights, ou seja, vender o nome do complexo, visando a realização de diversas melhorias nas instalações.

Funciona como a venda do nome da Arena para a construtora MRV.

Durante uma coletiva de imprensa, representantes do clube explicaram que as mudanças contemplarão várias áreas da Cidade do Galo. Entre os principais pontos a serem aprimorados estão a academia, os vestiários e a estrutura de trabalho dos profissionais envolvidos no futebol do clube.

Reforma dos campos

Além disso, a reforma prevê também a readequação dos campos de treinamento. Atualmente, o campo número 1 é utilizado pelos jogadores profissionais, mas com as modificações ele será destinado às equipes de base. Os campos 2, 3 e 4 já são utilizados pelas categorias de formação do clube. Essa nova distribuição permitirá que os profissionais tenham acesso a uma estrutura ainda mais completa e adequada.

Quartos individuais

Outra parte importante do projeto é a melhoria da estrutura do hotel que faz parte do complexo da Cidade do Galo. Os quartos, que atualmente são compartilhados, serão adaptados para oferecer maior privacidade aos jogadores, passando a serem individuais. Além disso, outras melhorias serão implementadas para garantir o conforto e bem-estar dos atletas.

R$ 10 milhões

Essa não é a primeira vez que o Galo fala sobre vender o nome da Cidade do Galo para algum patrocinador.

Em vezes passadas, o valor estimado era de R$ 25 milhões. Ambicioso quando se considera que o da Arena MRV foi vendido por R$ 60 mi.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.