Esportes

Cartão azul: futebol terá nova punição e será testada nesta temporada

Publicado

em

Reprodução - X

A International Football Association Board (IFAB), órgão responsável por estabelecer as regras do futebol, está avaliando a implementação de novas medidas para diminuir ações indisciplinares durante as partidas.

Uma das propostas é a introdução de um novo cartão, além do tradicional amarelo e vermelho: o cartão azul.

De acordo com o jornal inglês Telegraph Sports, o cartão azul seria utilizado como uma forma de evitar reclamações e reduzir as faltas durante os jogos. A punição prevista para esse cartão seria ficar fora da partida por 10 minutos.

Caso o jogador receba duas aplicações do cartão azul, ele será expulso, assim como ocorre com o cartão vermelho. Se um jogador receber um cartão amarelo e um cartão azul, ele também será excluído do restante do jogo.

O novo cartão azul será testado no futebol profissional a partir de junho deste ano, nas edições da FA Cup masculina e feminina. Essa medida representa mais uma tentativa de controlar a indisciplina dentro de campo e garantir um jogo mais justo e equilibrado.

Além do cartão azul, outra medida que está sendo estudada pelo IFAB é inspirada no rugby. A ideia é permitir que apenas os capitães das equipes possam se comunicar com os árbitros, a fim de evitar confusões e discussões desnecessárias.

Essa proposta busca trazer mais organização e respeito entre os jogadores e os árbitros, evitando situações de tensão e conflito.

54 anos dos cartões vermelho e amarelo

Essas novas medidas representam um avanço no futebol, visando o progresso do esporte. Vale ressaltar que em 1970, durante a Copa do Mundo no México, os cartões amarelo e vermelho foram introduzidos como forma de punir atos indisciplinares dentro de campo. Agora, com a possibilidade do cartão azul e da restrição de comunicação apenas aos capitães, espera-se que o jogo se torne mais limpo e focado no fair play.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.