Esportes

Em jogo eletrizante, Corinthians vence Cruzeiro e é campeão da Supercopa

Publicado

em

(Foto: Staff Images / CBF)

Confirmando o favoritismo, o Corinthians venceu a Supercopa do Brasil de futebol feminino pela terceira vez neste domingo (18) na Neo Química Arena, com golaço, no início do segundo tempo. 

Com direito a gol de falta, Duda ajudou sua equipe a levantar a taça e soltar o grito de Tricampeãs da Supercopa o Brasil de futebol feminino, a equipe celeste até que chegou a balançar a rede do time paulista em duas oportunidades, mas os gols foram anulados, graças ao auxílio do VAR, a árbitra Deborah Cecília Cruz Correia não teve outra opção, se não invalidar os lances. 

Vale ressaltar que o jogo foi emocionante do início ao fim, como esperado, o Corinthians iria para cima com um ataque bem organizado e muita posse de bola, já o Cruzeiro, apresentava um contra-ataque perigoso, comandadas pela incrível Byanca Brasil.

O momento de maior ameaça para o Corinthians nos primeiros 45 minutos ocorreu pouco antes do intervalo, quando Millene cabeceou a bola após um escanteio, quase surpreendendo a goleira adversária. Dessa forma, o empate e o placar zerado prevaleceram até o apito final da árbitra em Itaquera.

Já no segundo tempo, o Corinthians precisou de pouco mais de 1 minuto de bola rolando para decidir o placar. Duda Sampaio, a craque do Jogo, cobrou uma falta lateral direto para o gol, não deixando chances para a goleira Taty Amaro, que infelizmente viu sua barreira se abrir. 

Com esse título, as Brabas, como são chamadas, levam o quinto título seguido no futebol femino, só no ano passado as paulistas já levantaram o troféu do Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro, Libertadores e Supercopa.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.