Esportes

Galvão detona Atlético por demitir Felipão: “Faltou respeito, inteligência”

Publicado

em

Reprodução - Globo / Atlético

O narrador esportivo Galvão Bueno veio à público se pronunciar sobra a decisão do Atlético em demitir o treinador Luis Felipe Scolari, o Felipão, na manhã desta quarta-feira, 20, depois de uma reunião na noite anterior.

Foram 3 votos favoráveis a demissão e 2 contra, de cinco dirigentes do clube (veja os detalhes aqui).

Para Galvão Bueno, o clube erra em tomar a decisão neste momento, antes da final do Campeonato Mineiro e a 15 dias da Libertadores:

“O dia hoje começou com a notícia da demissão do Felipão do Galo. Vários aspectos aqui. Eu não consigo entender... o Atlético contratou o Felipão, sabia exatamente quem era o Felipão. O Felipão treina de uma forma, joga de uma forma, dá entrevista do jeito dele. Quando ele não gosta, deixa claro que não gostou. Quando o torcedor for tirar satisfação na rua, ele vai discutir mesmo. Esse é o Felipão“.

Para o narrador da Globo, Felipão teve um começo ruim, mas entregou o que foi proposto quando o time se estabilizou:

Começou mal, mas levou o Atlético para a terceira colocação do Brasileiro, brigando pelo título até o final. Colocou na fase de grupos da Libertadores. Perdeu dois jogos para o Cruzeiro. Ele entregou“.

Galvão diz que o momento é errado: “Demitir um técnico assim às vésperas da final do Campeonato Mineiro e a 15 dias da estreia na Libertadores, falta de respeito. Falta de respeito com o profissional. Acima disso, não dá para esperar as finais do Mineiro?“.

Bueno finalizou suas críticas dizendo que faltou inteligências aos dirigentes:

“Vai trazer outro estrangeiro. Não tem ninguém no Brasil que sirva, né? Para mim, faltou respeito, lógica e inteligência

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.