Esportes

Juiz diz que Victor foi agressivo no Atlético: “Conseguiu, estragou o jogo”

mm

Publicado

em

Foto: Divulgação/Atletico MG - (crédito: Bruno Sousa)

Depois de um fim de jogo que terminou em empate entre o Atlético e o Corinthians na tarde deste domingo, 14, o árbitro da partida, Yuri Elino Ferreira da Cruz relatou uma situação que denominou como “horrorosa”.

Ele escreveu no relato do jogo que foi interceptado pelo diretor de futebol do Galo, Victor Bagy, que lhe disse que suas decisões teriam “estragado o jogo”.

“Informo que no intervalo da partida, no acesso ao vestiário da arbitragem, o Sr. Victor Bagy, diretor da equipe visitante, veio em minha direção e proferiu as seguintes palavras de forma agressiva: “Você conseguiu o que queria, estragou o jogo!”.

Ao mesmo tempo ele enfrentou problemas com o presidente do Corinthinas, que também lhe abordou de forma agressiva no final do jogo e disse que ele não deveria mais apitar jogos por lá:

Informo que ao final da partida, quando me dirigia ao vestiário da arbitragem, na porta de acesso ao mesmo, o Sr. Augusto Melo, presidente da equipe mandante, proferiu as seguintes palavras: “Você não deveria mais apitar aqui”. Já o Sr. Rubens Gomes, diretor da equipe mandante, proferiu de forma agressiva as seguintes palavras “Você é horroroso!”.

Publicidade
Publicidade
Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.