Esportes

Pedro será punido no Flamengo após levar soco em BH, contra o Atlético

Publicado

em

(crédito: Reprodução/PCMG - Gilvan de Souza/Flamengo)

O jogador do Flamengo Pedro não foi para o treino do clube na manhã desta segunda-feira, 31, e deixou os bastidores ainda mais tensos depois do episódio do jogo contra o Atlético em Belo Horizonte.

Depois de se recusar a voltar a aquecer, ele acabou sendo agredido pelo preparador físico do Flamengo, Pablo Fernández, que já foi demitido. O camisa 9 não deixou pra lá e registrou boletim de ocorrência e fez exame de corpo e delito no IML da capital mineira.

Mas Pedro não deve passar imune pela situação e de acordo com o Uol, o Flamengo pretende punir o jogador pelo caso de indisciplina (ter se recusado a voltar a aquecer).

A punição mais provável para o jogador é a aplicação de uma multa, prevista em contrato, mas também de acordo com especialistas ouvidos pelo site, ele teria direitos de rescindir seu contrato com o Flamengo por causa da agressão sofrida e também poderia pedir indenização por danos morais e materiais.

“A covardia física se sobrepôs diante da covardia psicológica que tenho sofrido nas últimas semanas”, postou o atleta nas redes sociais.

Pedro reclama há semanas nos bastidores do tratamento que vem recebendo do técnico Jorge Sampaoli, por quem vem sendo preterido na hora de entrar em campo como titular.

Mesmo assim o camisa nove deve ser escalado para o próximo jogo do Flamengo no Brasileirão porque Gabigol estará suspenso por ter recebido três amarelos.

Publicidade
Publicidade
Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.