Esportes

Ronaldinho terá que pagar mais de R$70 mil após perder ação judicial

mm

Publicado

em

Os valores correspondem às despesas judiciais e aos honorários advocatícios de um processo de direitos de imagem movido pelo ex-jogador; contudo, o ex-jogador não obteve sucesso na ação.
Bruno Cantini/Atlético-MG

Ronaldinho Gaúcho enfrenta um novo revés judicial, sendo cobrado em mais de R$70 mil após perder uma ação movida contra uma empresa por uso indevido de imagem. Segundo informações obtidas pela colunista Fábia Oliveira, o ex-jogador está sendo cobrado por custas e honorários advocatícios decorrentes do processo.

A ação, iniciada em janeiro deste ano pelos advogados que representaram a empresa processada por Ronaldinho, solicitava o pagamento de R$77.934,31 após o ex-jogador ter seu pedido julgado improcedente.

Em março, a defesa de Ronaldinho Gaúcho contestou o valor, alegando um excesso de cobrança e apresentando uma impugnação ao cumprimento da sentença. Segundo a defesa do ex-jogador, o cálculo incluía juros indevidos, resultando em um valor final de “apenas” R$74.981,02.

Recentemente, os profissionais concordaram com o valor ajustado de R$74.891,02, conforme demonstrado por Ronaldinho, mas aguardam o prosseguimento da execução para que o ex-jogador seja intimado ao pagamento.

Uso indevido de imagem 

Em 2015, Ronaldinho moveu uma ação de indenização por uso indevido de imagem contra a A.S.O. Assessoria e Marketing Esportivo e Social Ltda. O ex-jogador alegou que a empresa utilizou sua imagem para fins comerciais sem autorização, produzindo material publicitário e divulgando sua suposta associação comercial.

No entanto, a empresa contestou, afirmando possuir autorização de Ronaldinho. Em primeira instância, os pedidos do ex-jogador foram julgados improcedentes, sendo condenado a arcar com custas e honorários advocatícios. Após recorrer da decisão, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul negou o recurso, aumentando os honorários fixados para 12%.

Publicidade
Publicidade
Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.