Esportes

Rubens Menin deixa de ser majoritário da SAF do Atlético após aporte

Publicado

em

Reprodução - Atlético

O Conselho Deliberativo do Galo aprovou na tarde desta segunda-feira, 26, um novo aporte de R$ 200 milhões na SAF do time, fazendo com que toda a estrutura societária do projeto seja alterada.

O dinheiro será injetado pelo Galo Forte Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia e fará com que sua participação aumente consideravelmente.

Até então o fundo tinha um total de 8,2% nas ações da SAF e agora mais do que dobrará, indo para 20,2%.

A maior parte do dinheiro deve ser usada para abater as chamadas dívidas onerosas do clube, que geram juros pesados e desmontam parte da capacidade de investimento do Atlético.

Mas com a mudança do Galo Forte, os outros acionistas também verão seu percentual no negócio diminuir. É o caso do mega empresário Rubens Menin, que junto do filho Rafael era sócio majoritário e detinha todo o comando da SAF.

Seu percentual sai de 50,9% para 41,8%. O também empresário Ricardo Guimarães deixa de ter 7,7% para ter agora 6,3%.

Já o FIGA sai de :

  • FIGA (ainda a pagar): 7,7%
  • FIGA: 0,5%

Para:

  • FIGA (ainda a pagar): 6,3%
  • FIGA: 0,4%
Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.