Notícias

Falso policial civil dava ‘carteirada’ para não pagar estabelecimentos em Governador Valadares

Investigações seguem para identificar prejuízos financeiros causados pelo suspeito, que poderá responder por estelionato

mm

Publicado

em

Polícia apreende falso distintivo, arma falsa, camisas e algemas | Foto: PCMG / Divulgação

Com um falso distintivo, um homem de 43 anos se passava por policial civil e tentava entrar em estabelecimentos sem pagar em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. Nessa quarta-feira (15), a casa dele foi alvo de mandado de busca e apreensão. 

Na residência, as autoridades encontraram o distintivo, uma arma falsa, camisas com o símbolo da Polícia Civil, uma carteira funcional falsificada do estado do Mato Grosso e algemas. Segundo Juliana Fiúza, responsável pelo caso, as investigações tiveram início há cerca de um mês.

Ele usava do falso status de policial civil para aplicar golpes. “Entre esses golpes, foi identificado o estelionato amoroso, pois ele tentava conquistar algumas pessoas se passando por policial”, afirmou. Além disso, ele tentava entrar em estabelecimentos sem pagar o valor da entrada.

O homem prestou depoimento na delegacia de plantão de Governador Valadares. Conforme a Polícia Civil, ele poderá responder pelos crimes de estelionato e por usar insígnias para obter alguma vantagem ilícita, além de outros crimes que sejam apurados no decorrer das investigações.

As investigações seguem para identificar os prejuízos financeiros causados pelo falso policial civil.