Conecte-se conosco

Justiça

Homem é condenado a 27 anos de prisão por feminicídio em Porteirinha

Ele ainda terá que pagar R$ 100 mil em indenização ao filho do casal, já que o assassinato aconteceu na frente da criança.

Publicado

em

Foto: Reprodução

Um homem de 23 anos foi condenado a 27 anos de prisão por matar a companheira. O assassinato aconteceu no dia 29 de julho do ano passado, em Porteirinha, Norte do estado.

O autor do crime foi preso em flagrante e confessou a autoria. Segundo o próprio, ele suspeitava da traição da companheira e, durante uma discussão, enforcou a mulher. O filho do casal, de 3 anos, viu toda a ação. 

Após o crime, o homem fugiu do local e levou o celular da vítima para procurar provas da traição, mas não encontrou nada.

O julgamento aconteceu na última segunda-feira (13) e ficou decidido que o crime seria encaixado em feminicídio. A pena final também foi aumentada porque o assassinato foi cometido na frente do filho do casal. Também devido a isso, o réu terá que pagar uma pena pelo dano moral à criança, no valor de R$ 100 mil.

A decisão cabe recurso.

Continue lendo
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments