Conecte-se conosco

Justiça

Homem é condenado a 37 anos de prisão por feminicídio em Santana do Paraíso

O homem foi condenado a 37 anos de prisão por ter matado a própria mãe com golpes de facão no ano passado.

Publicado

em

O Ministério Público de Minas Gerais conseguiu na Justiça a condenação de um homem por feminicídio. 

O crime aconteceu em Santana do Paraíso, no dia 22 de julho de 2021. O homem matou a própria mãe, de 78 anos, com golpes de facão. Segundo informações, ele teria se desentendido com a mãe e, aproveitou quando ela estava dormindo para atacá-la. Depois do assassinato, ele cavou uma cova no quintal de casa, a enterrou, limpou todo o sangue do local e fugiu.

O MPMG considerou que o crime foi praticado por motivo fútil e com recurso que dificultou a defesa da vítima, porque ela estava dormindo. Além disso, o crime foi praticado contra uma mulher.

O réu foi condenado por homicídio e com o agravante de ter sido cometido contra a própria mãe. Ele foi condenado a 37 anos de prisão e não pode recorrer em liberdade. 

Segundo a 11ª Promotoria de Justiça de Ipatinga, é a maior pena registrada em um único crime do Tribunal do Júri em Minas Gerais.

Continue lendo
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments