Notícias

Motoristas de Uber vão reajustar temporariamente valor do preço das viagens

Categoria alega que a alta dos preços dos combustíveis impactou o setor

mm

Publicado

em

Uber deve reajustar valor das corridas nas próximas semanas. Foto: Reprodução Agência Brasil

A plataforma Uber anunciou que a partir das próximas semanas vai reajustar o preço das viagens em 6,5%. De acordo com representantes da categoria, esse aumento é para não prejudicar os motoristas que sofrem com a alta no valor dos combustíveis. A Uber informou, ainda, que oferece aos seus parceiros, em todo o país, a possibilidade de ter desconto no combustível. Pagando com o Cartão Uber no aplicativo “Abastece aí”, o motorista parceiro tem 4% de dinheiro de volta em cada abastecimento.

O reajuste anunciado pela Petrobras nas refinarias, de 18,77% na gasolina e 24,93% no diesel, fez com que profissionais do transporte criassem medidas para não saírem prejudicados. De acordo com representantes da Frente de Apoio Nacional ao Motorista Autônomo (FANMA), o combustível passou a representar cerca de 50% dos gastos que os motoristas de aplicativos de transporte têm diariamente. Com isso, boa parte dos condutores que trabalhavam por aplicativo desistiram de seguir com a atividade, que hoje se tornou uma das principais formas de renda para mais de 12 milhões de pessoas que buscam emprego no país.

Na tentativa de não perder os motoristas cadastrados e a clientela, outra plataforma de transporte, POP-99, busca algum tipo de subsídio para dar conta de acompanhar as variações dos preços dos combustíveis. Uma das saídas é o pacote “Mais Ganhos 99”, que oferece aos condutores 100% do valor das corridas em períodos e cidades específicas. Em nota a POP-99 diz: “Há, inclusive, casos em que é empregada a taxa negativa, ou seja, o valor repassado ao motorista é maior que o pago pelo passageiro e esta diferença é custeada pela empresa para democratizar o acesso das pessoas”.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.