Notícias

Operação no Vale do Rio Doce combate migração ilegal para os EUA

Investigado é suspeito de promover a entrada irregular no país norte-americano de 17 pessoas entre dezembro de 2020 e março de 2021

mm

Publicado

em

Polícia Federal cumpre mandados contra migração ilegal para os EUA | Foto: PF / Divulgação

A Polícia Federal cumpre, nesta quarta-feira (13), três mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em Dom Cavati, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. O objetivo é combater a migração ilegal de mineiros para os Estados Unidos.

Conforme as investigações, um investigado, alvo do mandado de prisão, promoveu a migração ilegal de, pelo menos, 17 pessoas para o país norte-americano em quatro meses. Os crimes ocorreram entre dezembro de 2020 e março de 2021.

As pessoas conseguiam chegar aos Estados Unidos passando pela fronteira com o México. As investigações sobre o envolvimento do suspeito na promoção da migração ilegal tiveram início após informações prestadas pelo Oficialato de Ligação em El Passo/Texas, nos EUA.

Segundo a Polícia Federal, o investigado poderá responder pelo crime de tráfico de pessoas. Se condenado, poderá cumprir até cinco anos de reclusão por cada crime cometido. Com isso, somadas, as penas podem ultrapassar 30 anos de condenação.

Com o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, os policiais conseguiram encontrar documentos, celulares e uma arma.

A operação é batizada de “Trinta-Réis” e faz referência a uma espécie de ave migratória homônima. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Governador Valadares, também no Vale do Rio Doce.

Foto: PF / Divulgação