Notícias

Quadrilha suspeita de estelionato é desarticulada no interior do estado

Os suspeitos utilizavam documentos falsos para enganar as vítimas. Eles viviam uma vida de luxo com o dinheiro que conseguiam no esquema.

Publicado

em

O material foi apreendido com os suspeitos - FOTO: PCMG/Divulgação

A Polícia Civil desmontou, nesta sexta-feira (15), uma quadrilha especializada em crimes de estelionato e falsificação de documentos no interior de Minas Gerais. Os suspeitos foram alvos da Operação Ostentação, nas cidades de Cristália e Botumirim, na região Norte do estado, e em Patrocínio, no Alto Paranaíba. 

Os nove integrantes do grupo têm idades entre 23 e 31 anos. As investigações começaram há alguns meses, depois que uma transportadora desconfiou de entregas recorrentes para um imóvel supostamente abandonado, em Cristália. Os policiais identificaram os suspeitos e verificaram que eles estavam, por meio de documentos adulterados, abrindo contas em bancos virtuais e clonando cartões de crédito para realizar compras on-line.

Os investigados comercializavam os produtos comprados ilegalmente e ostentavam uma vida de luxo com o dinheiro que conseguiam. Além disso, também compravam objetos pessoais como relógios, celulares, carros e motocicletas. Eles também realizavam festas e registravam os eventos nas redes sociais.

No total, onze mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Em Patrocínio, um dos suspeitos foi preso em flagrante por roubo de gado cometido na cidade. 

O delegado Ranieri Marcondes, responsável pelas investigações, disse que espera concluir o inquérito em breve. “O inquérito será finalizado em 30 dias com indiciamento dos suspeitos pelos crimes praticados”, finalizou.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.