Notícias

Homem tem surto, agride a mãe, se esconde em loja e é preso em Montes Claros

O homem teve um surto, agridiu a mãe e se escondeu dentro de uma loja. O BOPE de BH foi acionado para ajudar nas negociações.

Publicado

em

O homem se escondeu dentro de uma loja de bebidas - Foto: Reprodção/Google

Um homem deu trabalho para a Polícia Militar em Montes Claros, na madrugada desta sexta-feira (22). Renato Lins de Almeida, de 37 anos, agrediu a mãe e se escondeu em uma loja de bebidas, no bairro Jardim São Luiz. A ocorrência durou mais de seis horas e até o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) de Belo Horizonte precisou ser acionado.

Segundo o boletim de ocorrência, um policial à paisana fez o primeiro contato com o homem. O PM foi informado que Renato agrediu a mãe e que ela não estaria mais no local. O homem estava nervoso, com indícios de estar passando por um surto psicótico.

Quando o reforço policial chegou, Renato contou aos policiais que é dependente químico e queria entender o porque sua mãe iria interná-lo contra a sua vontade. Os militares tentaram convencer o homem de sair da loja e ir até a casa de sua mãe para conversar. Ele se negou a sair.

Os familiares de Renato também foram ao local. Segundo eles, o homem é esquizofrênico e usuário de drogas. Eles também falaram das agressões do homem à mãe e que queriam que os policiais resolvessem a situação. Devido ao histórico agressivo do homem, os militares resolveram utilizar uma arma de choque para imobilizá-lo. Mesmo após ser atingido, ele resistiu, retornou até a loja e se escondeu.

O BOPE foi acionado para auxiliar na negociação. Ele só foi se render após conversas com o batalhão especial. O homem apresentava cortes pelo corpo devido a garrafas que foram quebradas dentro do estabelecimento. Ainda foi encontrada uma réplica de pistola que Renato estaria guardando. 

O homem foi encaminhado para o Hospital Universitário Clemente Faria, onde foi internado e está em observação. Ele também está acompanhado da polícia no hospital. A Polícia Civil assumiu a investigação do caso e aguarda a mãe de Renato para apresentar uma queixa e dar sequência no caso.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.