Polícia

Marido recusa ir ao forró e é esfaqueado pela esposa

Ela também teria quebrado parte da viatura da PM, em Patos de Minas, na região do Alto Paranaíba

mm

Publicado

em

Vigilante do hospital onde homem foi internado também teria sido agredido pela esposa do paciente, segundo policia. Foto: Reprodução Fhemig

De acordo com a polícia, uma das versões apresentadas é de que uma mulher de 38 anos teria ficado revoltada porque o marido dela se recusou a ir ao forró, neste domingo (20). O homem, de 45 anos, precisou ser levado às pressas para o Hospital Regional Antônio Dias, depois de ter ido a uma Unidade de Pronto atendimento (UPA) da cidade. Ele estava com um corte profundo no rosto, aparentemente provocado por uma facada, segundo os policiais que atenderam a ocorrência. A vítima disse que a esposa quem a agrediu e em seguida socorreu.

Os policiais foram até a casa da vítima onde encontraram o filho da suspeita. Ele disse aos policiais que as brigas do casal eram constantes. Dessa vez, segundo relato do filho, o motivo foi que padrasto não quis ir ao forró com a mãe dele.

A mulher, de acordo com os policiais, também teria arrumado confusão com um vigilante do hospital onde o marido foi levado. Ela apresentava sinais de embriaguez e teria danificado o parte da viatura policial. Em depoimento à polícia, a mulher disse que agrediu o marido porque ele teria falado para várias pessoas que o casal passava por problemas de relacionamento.

.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.