Entretenimento

Viuva de jogador que doou coração para Faustão desabafa na TV: “Ele não falava”

Publicado

em

Reprodução - Record

A viúva do jogador de futebol amador Fábio Cordeiro da Silva, de 35 anos, Jaqueline Boneti, deu entrevista para o programa da Record Domingo Espetacular neste domingo, 3, e desabafou sobre a morte do marido precocemente.

Vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), a viúva e os amigos do jogador relataram ao programa de TV como era a vida dele antes do trágico episódio e falaram sobre a experiência de terem doado o coração.

Ela conta que decidiu doar os órgãos do marido ao pensar que assim como ela é mãe, uma outra poderia estar aflita naquele momento dependendo de uma doação de um desconhecido:

“Porque eu sou mãe e eu imaginei uma mãe rindo, mesmo comigo chorando”.

Na mesma entrevista, o irmão de Fábio contou que ele estava trabalhando como pedreiro em um apartamento em Santos, quando teve o AVC. Sem conseguir pedir ajuda, teria ficado a noite toda sozinho passando mal, até ser encontrado no dia seguinte:

“Ele não falava. Tentaram alimentar ele, mas a enfermeira disse que tinha dado AVC”.

Por fim, ela fez revelações sobre o caso e denunciou que a morte do marido aconteceu por “omissão”. Veja o que Jaqueline denunciou aqui.

Leia também: Viúva de jogador que doou coração a Faustão denuncia: “Omissão de socorro”

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.