Esportes

Gabigol foi suspenso por esconder o pênis em exame: “Sempre segui regras”

Publicado

em

Gabigol foi questionado sobre clima entre jogadores e trocou farpa com Eric Faria
Foto: Sportv/Premiere / Reprodução

Um dos principais jogadores do Flamengo, Gabigol tem sua situação complicada neste momento após ser suspenso do futebol brasileiro por 2 anos após ter tentando fraudar um exame antidopagem.

Gabigol fez o exame, mas consta no relatório que ele tentou esconder seu pênis do responsável.

+ Aqui: Garota expõe jogador da Seleção pedindo desconto: “É fuleiro”

Ao não deixar que os fiscal visse a urina sair de órgão, ele deu interpretação para que o fiscal desconfiasse de que Gabigol poderia estar colocando a urina de outra pessoa no pote do exame, por exemplo.

Por isso ele foi denunciado por tentativa de fraude no exame. No relatório, também consta que ele teria sido agressivo com os agentes.

+ Aqui: Flamengo está de olho em jogador jovem do rival em Minas Gerais

As duas atitudes violam o artigo 122 do Código Brasileiro Antidopagem. O julgamento terminou com uma votação de 5 a 4, portanto apertada na Justiça Desportiva Antidopagem.

Gabigol diz que será inocentado

Em um comunicado, o atleta disse que espera ser inocentado e que em toda sua carreira nunca usou substâncias proibidas e que fez dezenas de testes, todos negativos.

“A despeito do meu respeito pelo Tribunal, reitero que jamais tentei obstruir ou fraudar qualquer exame, e confio que serei inocentado pela instância superior. Desde o início da minha carreira como jogador de futebol sempre segui as regras do jogo e nunca utilizei substâncias proibidas”

Mais um ano fora dos campos

Na prática, sua condenação será somente por mais um ano, uma vez que ela começou a valer a partir da data em que foi feito o exame, no dia 8 de abril de 2023.

A Lei brasileira determina que em casos em que a decisão final demora a ser tomada, a pena pode retroagir a data em que o exame foi aplicado.

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.