Conecte-se conosco

Notícias

Morre vizinho esfaqueado após briga em prédio da zona sul

A vítima foi levada para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII, passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos

Publicado

em

A vítima passou por cirurgia no HPS João 23, mas não resistiu aos ferimentos. |Foto: Reprodução divulgação SES

Deve ser sepultado nesta sexta-feira (20), o corpo de Julio Cesar Lorens Júnior, 28 anos, esfaqueado nesta quinta-feira (19), após discutir com um vizinho. A vítima era filho de um desembargador atuante no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O motivo da briga seria o barulho das marteladas provocadas pelo idoso, de 67 anos. Segundo a polícia, ele estava montando um móvel quando a confusão começou.

O caso foi no condomínio Zenith, localizado no bairro Santo Antônio, região sul de Belo Horizonte. De acordo com informações levantadas pela polícia militar, Julio Cesar estava incomodado com o vizinho, de 67 anos, que vive no andar acima. O idoso, que se mudou recentemente, montava móveis, e o uso do martelo causou desentendimento entre os dois.

Após subir até o apartamento do vizinho, o homem teria tocado a campainha e jogado spray de pimenta no rosto do idoso, que pegou uma faca e acertou o homem na região do tórax.

A vítima das facadas foi levada ao Hospital Pronto-Socorro (HPS) João XXIII, onde passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta quinta-feira.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.

Continue lendo
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments