Notícias

Polícia Civil detalha prisão de delegado que matou motorista em BH

Delegado se apresentou à Polícia na manhã deste sábado, após ter mandado de prisão temporária expedido contra ele.

Publicado

em

Foto: Reprodução

A Polícia Civil vai detalhar, na tarde deste sábado (30), em coletiva, a prisão do delegado Rafael de Souza Horácio, que matou o motorista Anderson Cândido Melo, no fim da tarde da última terça-feira (26). Ele foi preso na manhã de hoje (30). O pedido de prisão foi feito nesta sexta-feira (29) pela Corregedoria Geral da Polícia Civil de Minas Gerais e deferido pela Justiça. A carteira funcional de Rafael foi recolhida pela instituição.

Entenda o crime

Rafael Horácio confessou ter matado o motorista Anderson após uma briga de trânsito no fim da tarde da última terça-feira (26). 

O delegado disse que, após a briga, Anderson teria acelerado o caminhão contra ele e, para não ser prensado entre a mureta e o veículo, fez um disparo. Anderson foi atingido na cabeça, socorrido e encaminhado ao Hospital João XXIII, mas não resistiu e morreu. Ele foi enterrado na quinta-feira (28), em Igarapé.

O incidente ocorreu na Avenida do Contorno, próximo a Rua Mato Grosso. Familiares questionaram que a ação do delegado foi feita em legítima defesa. 

Receba as notícias do Aqui de graça no seu celular. Inscreva-se.